#adorobandinhas

29 09 2009


Juro que queria iniciar esse post com uma foto minha abraçada a uma bandinha. Justo no dia que a Charanga Rubro Negra está aqui pelas bandas, deixei o celular no escritório.

As bandinhas fazem parte da minha infância. Das festinhas de bairro que sempre tinha uma pra animar. Tem um vereador da área onde morei que periodicamente vai com uma bandinha pelas ruas e para de casa em casa ouvindo quem quiser reclamar de algo. Minha avó até hoje já faz cartinhas com solicitações, e deixa pronta esperando o dia que o vereador vai passar. É só escutar a bandinha e correr pro portão. Não é a toa que o vereador é eleito toda eleição que concorre.

Na adolescência eu troquei as bandinhas pelas orquestras. Sim, eu fui aquela adolescente doida que só faltava falar “no meu tempo moça não usava calça Lee”. Minha grande paixão era (e continua sendo) a Orquestra Tabajara.
Coisa que só a dança de salão fez por mim. Gostar de orquestra e a cada música ouvida pensar se dava pra dançar bolero, soltinho, cha cha cha ou samba. (Sempre gostei mais do soltinho)

Depois que vim trabalhar no Centro, voltei as origens em muitos sentidos. E num deles é o meu amor pelas bandinhas.
Aqui sempre tem manifestação. E sinceramente enche o saco colocar um mané com um microfone na mão gritando que “o povo unido jamais será vencido”. Manifestação boa, pra mim, tem que ter bandinhas.
Pega uma bandinha, bota uma camiseta sobre seu manifesto e uma pessoa com uma placa na mão explicando seu protesto. Quer coisa mais simpática?
Esse tipo de manifestação eu apoio e simpatizo.
Há algumas semanas, fizeram até um bolo e distribuiram pras pessoas para “comemorar tantos anos sem aumento”.
Não fecharam rua, não gritaram no meu ouvido. Distribuíram bolo! (eu não peguei!)
E colocaram uma bandinha!

Agora, na greve dos bancários, tem bandinha praticamente todo dia. Fizeram até uma marchinha de carnaval com o protesto! A bandinha toca até Flor de Lis e no meio das músicas, toca a marchinha-protesto. Vai me dizer se você também não simpatizaria com a causa?

É por isso que eu digo em alto e bom som que eu #adorobandinhas Adoro mesmo. Deixa meu dia mais feliz! E qualquer coisa que faça nosso dia mais feliz vale a pena, né?

E é pensando nesse post que já decidi onde comemorar meu aniversário. Detalhes num post qualquer mais a frente…. rs